Estamos no seu:
Lembrar Apelido TVid

Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

  • Tópico criado por: Alcantara
  • Avatar

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 07:50
    Autor: SauerVT Offline

    Na claro 4 canais em HD e na Sky só 2?? Valeu Sky kkkkkk

  • seven1970

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 08:14
    Autor: seven1970 Offline

    Achei caro (R$ 39,90) para passar poucos jogos. Libertadores são apenas 13 datas (rodadas), 6 jogos fase de grupos, 2 nas oitavas, 2 nas quartas, 2 nas semifinais e a Final.

    Entendo que tem quem pague. Mas, se você comparar com o Campeonato Brasileiro (R$ 79,90) é caro, mas são 38 datas.

    Acredito que se a Comenbol colocasse a R$ 19,90, seria um valor mais razoável.

    Vamos ver como as coisas funcionam nesta Libertadores, e quem sabe para a 2 próximas, eles baixem o valor.

  • Avatar

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 08:16
    Autor: r2reis Offline

    Em 15/09/2020, seven1970 escreveu:

    Achei caro (R$ 39,90) para passar poucos jogos. Libertadores são apenas 13 datas (rodadas), 6 jogos fase de grupos, 2 nas oitavas, 2 nas quartas, 2 nas semifinais e a Final.

    Entendo que tem quem pague. Mas, se você comparar com o Campeonato Brasileiro (R$ 79,90) é caro, mas são 38 datas.

    Acredito que se a Comenbol colocasse a R$ 19,90, seria um valor mais razoável.

    Vamos ver como as coisas funcionam nesta Libertadores, e quem sabe para a 2 próximas, eles baixem o valor.


    Esse pacote não dá direito a exibir a final, que é exclusiva em TV fechada da FOX Sports.

  • r2jose

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 08:23
    Autor: r2jose Offline

    Em 15/09/2020, SauerVT escreveu:

    Na claro 4 canais em HD e na Sky só 2?? Valeu Sky kkkkkk


    Na SKY são três canais HD 621,622,625.

  • r2jose

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 08:35
    Autor: r2jose Offline

    Em 15/09/2020, r2jose escreveu:

    Em 15/09/2020, SauerVT escreveu:

    Na claro 4 canais em HD e na Sky só 2?? Valeu Sky kkkkkk


    Na SKY são três canais HD 621,622,625.


    Corrigindo 620,621,625

  • ofc1900

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 09:07
    Autor: ofc1900 Offline

    Não vale a pena pagar, lembrando que todos esses jogos eram do Sportv e não precisavamos pagar a mais por isso, ao menos na Libertadores de 2020 não deveriam cobrar separado. Se é pra fazer PPV que faça de toda competição, não de meia duzia de jogos. E sim esse pacote não tem direito a final.

  • Avatar

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 09:15
    Autor: Renatoraposao Offline

    O grande problema de pagar pelo futebol na America do Sul é que voce sabe que o dinheiro vai pros cartolas e não pro espetaculo. /Apesar de gostar demais de futebol, dessa vez eu passo.

  • Avatar

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 09:43
    Autor: ThiagoHist Offline

    Análise: Na crise, Conmebol esconde Libertadores
    Libertadores terá alcance reduzido no Brasil com SBT e, principalmente, com a Conmebol TV

    Por Duda Lopes - São Paulo (SP) em 15 de Setembro de 2020 às 07:42

    Em uma das maiores crises econômicas dos últimos tempos, a Conmebol tomou uma decisão que é difícil de entender: resolveu tirar visibilidade da Libertadores em seu principal mercado. E fez isso com aquela organização característica: em cima da hora, com pouca informação.

    A Conmebol começou a sequência de erros com a recusa em conversar com o principal parceiro durante uma enorme crise econômica e cambial no mercado brasileiro. O pedido da Globo fazia sentido, mas a entidade, para não sinalizar uma renegociação de contratos, não recuou. E terminou com um acordo com o SBT que entrega menos e, também, renderá menos dinheiro.

    Deixar a Globo é sempre complicado. A emissora entrega sempre audiência alta, transmissão qualificada e segurança aos parceiros, um nível mais alto que leva despreocupação às marcas de uma possível associação a algo malquisto. Ainda que possa não ser dito diretamente, empresas como Qatar, Amstel e Mastercad, patrocinadores da Libertadores, vão sempre preferir o canal.

    O problema da TV aberta, por outro lado, parece pequeno em comparação à TV fechada. O Sportv era canal básico das operadoras, e a Libertadores um dos seus principais produtos. Tê-lo como parceiro era garantia de boa distribuição. Agora, seus jogos ficam com alcance muito limitado. A começar pelas operadoras. Eu, por exemplo, sou assinante de outro provedor, que não é a Sky, nem a Claro. Ficarei sem Libertadores. O preço, aliás, não é nada convidativo para uma entrega tão pequena, a considerar que serão poucos os jogos que os torcedores não terão na Fox, no Facebook ou no SBT.

    Encolher no principal mercado sul-americano parece uma decisão estranha, até por não ser provisória; o acordo com o SBT irá até 2022, mesmo período que abrange o novo sistema de pay-per-view. Termos longos anos para ficar com menos receita e menos visibilidade no Brasil após a crise passar.


    A Libertadores se transformou nos últimos anos especialmente pela maior atenção que o mercado brasileiro passou a dar ao torneio. Hoje, a FC Diez Media, união da IMG com a Perform para gerir as propriedades da Libertadores, consegue vender o torneio a marcas premium, algo difícil de imaginar há poucos anos. E impossível sem o forte alcance de mídia no país.

    https://www.maquinadoesporte.com.br/artigo/analise-na-crise-conmebol-esconde-libertadores_41321.html

  • Avatar

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 10:18
    Autor: BladeII Offline

    Esse pacote é composto pela Libertadores, Copa Sulamericana e a Recopa, ou seja, são 3 competições, logo muito mais jogos do que o que estão falando!

    Alguém poderia postar todos os jogos que serão transmitidos na Comebol TV juntando todas as competições?

  • Avatar

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 10:29
    Autor: daniel.s.mariano Offline

    Em 15/09/2020, ThiagoHist escreveu:

    Análise: Na crise, Conmebol esconde Libertadores
    Libertadores terá alcance reduzido no Brasil com SBT e, principalmente, com a Conmebol TV

    Por Duda Lopes - São Paulo (SP) em 15 de Setembro de 2020 às 07:42

    Em uma das maiores crises econômicas dos últimos tempos, a Conmebol tomou uma decisão que é difícil de entender: resolveu tirar visibilidade da Libertadores em seu principal mercado. E fez isso com aquela organização característica: em cima da hora, com pouca informação.

    A Conmebol começou a sequência de erros com a recusa em conversar com o principal parceiro durante uma enorme crise econômica e cambial no mercado brasileiro. O pedido da Globo fazia sentido, mas a entidade, para não sinalizar uma renegociação de contratos, não recuou. E terminou com um acordo com o SBT que entrega menos e, também, renderá menos dinheiro.

    Deixar a Globo é sempre complicado. A emissora entrega sempre audiência alta, transmissão qualificada e segurança aos parceiros, um nível mais alto que leva despreocupação às marcas de uma possível associação a algo malquisto. Ainda que possa não ser dito diretamente, empresas como Qatar, Amstel e Mastercad, patrocinadores da Libertadores, vão sempre preferir o canal.

    O problema da TV aberta, por outro lado, parece pequeno em comparação à TV fechada. O Sportv era canal básico das operadoras, e a Libertadores um dos seus principais produtos. Tê-lo como parceiro era garantia de boa distribuição. Agora, seus jogos ficam com alcance muito limitado. A começar pelas operadoras. Eu, por exemplo, sou assinante de outro provedor, que não é a Sky, nem a Claro. Ficarei sem Libertadores. O preço, aliás, não é nada convidativo para uma entrega tão pequena, a considerar que serão poucos os jogos que os torcedores não terão na Fox, no Facebook ou no SBT.

    Encolher no principal mercado sul-americano parece uma decisão estranha, até por não ser provisória; o acordo com o SBT irá até 2022, mesmo período que abrange o novo sistema de pay-per-view. Termos longos anos para ficar com menos receita e menos visibilidade no Brasil após a crise passar.


    A Libertadores se transformou nos últimos anos especialmente pela maior atenção que o mercado brasileiro passou a dar ao torneio. Hoje, a FC Diez Media, união da IMG com a Perform para gerir as propriedades da Libertadores, consegue vender o torneio a marcas premium, algo difícil de imaginar há poucos anos. E impossível sem o forte alcance de mídia no país.

    https://www.maquinadoesporte.com.br/artigo/analise-na-crise-conmebol-esconde-libertadores_41321.html


    Esse texto resume bem toda a situação. Que a Conmebol é uma verdadeira várzea todos já sabíamos. Mas nessa ela se superou.

    Vale a reflexão levantada no artigo: será que não valeria a pena ter aceitado negociar com a Globo e reduzir um pouco os valores, mas manter os jogos na Globo e Sportv, com a maior visibilidade possível, ao invés de romper com a Globo, receber um valor menor de toda forma, e ficar com seus jogos no SBT e em um PPV que ninguém vai assinar?

  • Avatar

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 10:48
    Autor: JanSed Offline

    Em 15/09/2020, daniel.s.mariano escreveu:

    Em 15/09/2020, ThiagoHist escreveu:

    Análise: Na crise, Conmebol esconde Libertadores
    Libertadores terá alcance reduzido no Brasil com SBT e, principalmente, com a Conmebol TV

    Por Duda Lopes - São Paulo (SP) em 15 de Setembro de 2020 às 07:42

    Em uma das maiores crises econômicas dos últimos tempos, a Conmebol tomou uma decisão que é difícil de entender: resolveu tirar visibilidade da Libertadores em seu principal mercado. E fez isso com aquela organização característica: em cima da hora, com pouca informação.

    A Conmebol começou a sequência de erros com a recusa em conversar com o principal parceiro durante uma enorme crise econômica e cambial no mercado brasileiro. O pedido da Globo fazia sentido, mas a entidade, para não sinalizar uma renegociação de contratos, não recuou. E terminou com um acordo com o SBT que entrega menos e, também, renderá menos dinheiro.

    Deixar a Globo é sempre complicado. A emissora entrega sempre audiência alta, transmissão qualificada e segurança aos parceiros, um nível mais alto que leva despreocupação às marcas de uma possível associação a algo malquisto. Ainda que possa não ser dito diretamente, empresas como Qatar, Amstel e Mastercad, patrocinadores da Libertadores, vão sempre preferir o canal.

    O problema da TV aberta, por outro lado, parece pequeno em comparação à TV fechada. O Sportv era canal básico das operadoras, e a Libertadores um dos seus principais produtos. Tê-lo como parceiro era garantia de boa distribuição. Agora, seus jogos ficam com alcance muito limitado. A começar pelas operadoras. Eu, por exemplo, sou assinante de outro provedor, que não é a Sky, nem a Claro. Ficarei sem Libertadores. O preço, aliás, não é nada convidativo para uma entrega tão pequena, a considerar que serão poucos os jogos que os torcedores não terão na Fox, no Facebook ou no SBT.

    Encolher no principal mercado sul-americano parece uma decisão estranha, até por não ser provisória; o acordo com o SBT irá até 2022, mesmo período que abrange o novo sistema de pay-per-view. Termos longos anos para ficar com menos receita e menos visibilidade no Brasil após a crise passar.


    A Libertadores se transformou nos últimos anos especialmente pela maior atenção que o mercado brasileiro passou a dar ao torneio. Hoje, a FC Diez Media, união da IMG com a Perform para gerir as propriedades da Libertadores, consegue vender o torneio a marcas premium, algo difícil de imaginar há poucos anos. E impossível sem o forte alcance de mídia no país.

    https://www.maquinadoesporte.com.br/artigo/analise-na-crise-conmebol-esconde-libertadores_41321.html


    Esse texto resume bem toda a situação. Que a Conmebol é uma verdadeira várzea todos já sabíamos. Mas nessa ela se superou.

    Vale a reflexão levantada no artigo: será que não valeria a pena ter aceitado negociar com a Globo e reduzir um pouco os valores, mas manter os jogos na Globo e Sportv, com a maior visibilidade possível, ao invés de romper com a Globo, receber um valor menor de toda forma, e ficar com seus jogos no SBT e em um PPV que ninguém vai assinar?


    O risco que ela corria ao aceitar negociar com a Globo é que Disney, Facebook e outros parceiros iriam querer renegociar também.

    Foi uma guerra de braços na qual quase todos sairam perdendo, Conmebol, Globo e nós.

    SBT e Band talvez tenha sido os únicos beneficiados nisso tudo.



  • ofc1900

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 11:40
    Autor: ofc1900 Offline

    E sem falar que essa redução, e perda de visibilidade logo logo será visto o reflexo no bolso dos times, diminuindo premiação e por ai vai....

  • kurkkyy

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 11:46
    Autor: kurkkyy Offline

    Em 15/09/2020, daniel.s.mariano escreveu:

    Em 15/09/2020, ThiagoHist escreveu:

    Análise: Na crise, Conmebol esconde Libertadores
    Libertadores terá alcance reduzido no Brasil com SBT e, principalmente, com a Conmebol TV

    Por Duda Lopes - São Paulo (SP) em 15 de Setembro de 2020 às 07:42

    Em uma das maiores crises econômicas dos últimos tempos, a Conmebol tomou uma decisão que é difícil de entender: resolveu tirar visibilidade da Libertadores em seu principal mercado. E fez isso com aquela organização característica: em cima da hora, com pouca informação.

    A Conmebol começou a sequência de erros com a recusa em conversar com o principal parceiro durante uma enorme crise econômica e cambial no mercado brasileiro. O pedido da Globo fazia sentido, mas a entidade, para não sinalizar uma renegociação de contratos, não recuou. E terminou com um acordo com o SBT que entrega menos e, também, renderá menos dinheiro.

    Deixar a Globo é sempre complicado. A emissora entrega sempre audiência alta, transmissão qualificada e segurança aos parceiros, um nível mais alto que leva despreocupação às marcas de uma possível associação a algo malquisto. Ainda que possa não ser dito diretamente, empresas como Qatar, Amstel e Mastercad, patrocinadores da Libertadores, vão sempre preferir o canal.

    O problema da TV aberta, por outro lado, parece pequeno em comparação à TV fechada. O Sportv era canal básico das operadoras, e a Libertadores um dos seus principais produtos. Tê-lo como parceiro era garantia de boa distribuição. Agora, seus jogos ficam com alcance muito limitado. A começar pelas operadoras. Eu, por exemplo, sou assinante de outro provedor, que não é a Sky, nem a Claro. Ficarei sem Libertadores. O preço, aliás, não é nada convidativo para uma entrega tão pequena, a considerar que serão poucos os jogos que os torcedores não terão na Fox, no Facebook ou no SBT.

    Encolher no principal mercado sul-americano parece uma decisão estranha, até por não ser provisória; o acordo com o SBT irá até 2022, mesmo período que abrange o novo sistema de pay-per-view. Termos longos anos para ficar com menos receita e menos visibilidade no Brasil após a crise passar.


    A Libertadores se transformou nos últimos anos especialmente pela maior atenção que o mercado brasileiro passou a dar ao torneio. Hoje, a FC Diez Media, união da IMG com a Perform para gerir as propriedades da Libertadores, consegue vender o torneio a marcas premium, algo difícil de imaginar há poucos anos. E impossível sem o forte alcance de mídia no país.

    https://www.maquinadoesporte.com.br/artigo/analise-na-crise-conmebol-esconde-libertadores_41321.html


    Esse texto resume bem toda a situação. Que a Conmebol é uma verdadeira várzea todos já sabíamos. Mas nessa ela se superou.

    Vale a reflexão levantada no artigo: será que não valeria a pena ter aceitado negociar com a Globo e reduzir um pouco os valores, mas manter os jogos na Globo e Sportv, com a maior visibilidade possível, ao invés de romper com a Globo, receber um valor menor de toda forma, e ficar com seus jogos no SBT e em um PPV que ninguém vai assinar?


    Mas quem rompeu o contrato foi a globo.

  • Avatar

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 11:56
    Autor: nandao Offline

    O fato e que deram um desconto pro sbt comprar a libertadores mas colocaram este preco de 40 real ai ja pra pegar o desconto do sbt. .. (via App TV Magazine)

  • Avatar

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 12:35
    Autor: JoaoMB Offline

    Na Claro NET neste momento:


    711 - Sinal do BandSports

    712 - Sinal da BandNews

    713 - Sinal do Terraviva

    714 - Sinal da Bandeirantes

  • Avatar

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 12:35
    Autor: daniel.s.mariano Offline

    Em 15/09/2020, kurkkyy escreveu:

    Em 15/09/2020, daniel.s.mariano escreveu:

    Em 15/09/2020, ThiagoHist escreveu:

    Análise: Na crise, Conmebol esconde Libertadores
    Libertadores terá alcance reduzido no Brasil com SBT e, principalmente, com a Conmebol TV

    Por Duda Lopes - São Paulo (SP) em 15 de Setembro de 2020 às 07:42

    Em uma das maiores crises econômicas dos últimos tempos, a Conmebol tomou uma decisão que é difícil de entender: resolveu tirar visibilidade da Libertadores em seu principal mercado. E fez isso com aquela organização característica: em cima da hora, com pouca informação.

    A Conmebol começou a sequência de erros com a recusa em conversar com o principal parceiro durante uma enorme crise econômica e cambial no mercado brasileiro. O pedido da Globo fazia sentido, mas a entidade, para não sinalizar uma renegociação de contratos, não recuou. E terminou com um acordo com o SBT que entrega menos e, também, renderá menos dinheiro.

    Deixar a Globo é sempre complicado. A emissora entrega sempre audiência alta, transmissão qualificada e segurança aos parceiros, um nível mais alto que leva despreocupação às marcas de uma possível associação a algo malquisto. Ainda que possa não ser dito diretamente, empresas como Qatar, Amstel e Mastercad, patrocinadores da Libertadores, vão sempre preferir o canal.

    O problema da TV aberta, por outro lado, parece pequeno em comparação à TV fechada. O Sportv era canal básico das operadoras, e a Libertadores um dos seus principais produtos. Tê-lo como parceiro era garantia de boa distribuição. Agora, seus jogos ficam com alcance muito limitado. A começar pelas operadoras. Eu, por exemplo, sou assinante de outro provedor, que não é a Sky, nem a Claro. Ficarei sem Libertadores. O preço, aliás, não é nada convidativo para uma entrega tão pequena, a considerar que serão poucos os jogos que os torcedores não terão na Fox, no Facebook ou no SBT.

    Encolher no principal mercado sul-americano parece uma decisão estranha, até por não ser provisória; o acordo com o SBT irá até 2022, mesmo período que abrange o novo sistema de pay-per-view. Termos longos anos para ficar com menos receita e menos visibilidade no Brasil após a crise passar.


    A Libertadores se transformou nos últimos anos especialmente pela maior atenção que o mercado brasileiro passou a dar ao torneio. Hoje, a FC Diez Media, união da IMG com a Perform para gerir as propriedades da Libertadores, consegue vender o torneio a marcas premium, algo difícil de imaginar há poucos anos. E impossível sem o forte alcance de mídia no país.

    https://www.maquinadoesporte.com.br/artigo/analise-na-crise-conmebol-esconde-libertadores_41321.html


    Esse texto resume bem toda a situação. Que a Conmebol é uma verdadeira várzea todos já sabíamos. Mas nessa ela se superou.

    Vale a reflexão levantada no artigo: será que não valeria a pena ter aceitado negociar com a Globo e reduzir um pouco os valores, mas manter os jogos na Globo e Sportv, com a maior visibilidade possível, ao invés de romper com a Globo, receber um valor menor de toda forma, e ficar com seus jogos no SBT e em um PPV que ninguém vai assinar?


    Mas quem rompeu o contrato foi a globo.


    A Globo rompeu o contrato após a Conmebol não aceitar uma redução do valor. No fim a Conmebol perdeu o valor e perdeu a visibilidade dos canais da Globo...

  • Avatar

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 12:41
    Autor: RockyRFN Offline

    Insisto que faria muito mais sentido a venda de pacote avulso, e não um caro fechado (40 reais).

    O jogo do seu time, por um valor baixo (10 reais).

  • Rino71

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 12:41
    Autor: Rino71 Offline

    E acoisa é só pra nós brasileiros, né? E gente aplaudindo ainda, vai entender.

  • Avatar

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 12:41
    Autor: roverdao2014 Offline

    No meu ainda esta o canal da Claro TV nesses canais.

  • Avatar

    Com Band, Conmebol terá canal da Libertadores, Sulamericana

    Operadora
    Postado em: 15/09/2020 às 13:50
    Autor: lobowas Offline

    Em 15/09/2020, Rino71 escreveu:

    E acoisa é só pra nós brasileiros, né? E gente aplaudindo ainda, vai entender.


    Sim, esse ppv só no Brasil. Em outros países continua normal. Era muito melhor ter uma redução para a globo e ser também transmitido no sportv, do que ficar com o SBT, recebendo menos do que a globo propôs, e tendo que criar esse elefante branco do ppv.

As publicações desta página são unicamente de responsabilidade de seus autores, de acordo com os Termos de Uso da TV Magazine.

Busca no Fórum

Agenda de Canais

  • Atualize-nos: informe a TV Magazine sobre sinais abertos, alterações de canais e line-ups na sua cidade, seja TV aberta ou paga.

Fale Conosco

Dúvidas, ideias, sugestões, elogios ou críticas?
Queremos ouvir você!

© 2020 - TV Magazine, todos os direitos reservados. Programação da TV fornecida por Revista Eletrônica.
Proibida a cópia parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização expressa.