Estamos no seu:
Lembrar Apelido TVid

CLUBE DO DISNEY+

  • Tópico criado por: jailsonrf
  • Páginas:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • jailsonrf

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 14/12/2020 às 02:00
    Autor: jailsonrf Offline

    Em 10/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 07/12/2020, anilaa escreveu:

    Na minha opinião deveria ser tudo num app só, e colocar senha para faixa etaria, igual faz a Netflix.
    Separado vai ficar mais caro, isso com certeza vai


    sinto informar que mesmo em um streaming só não será o mesmo preço, até mesmo por conta de mais conteúdo que irá entrar.

    na verdade eu imagino que é o que vai acontecer, você paga a assinatura maior para ter o Star, só isso.

    não vejo que irão manter o preço...


    É bem por aí mesmo.

  • Avatar

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 14/12/2020 às 16:48
    Autor: anilaa Offline

    Eu estou pensando em cancelar o Disney+
    Nem minha filha está assistindo

    O ruim é que depois que cancelar, a vai querer assistir, sabe como é crianças......

  • Avatar

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 14/12/2020 às 17:48
    Autor: lobowas Offline

    Em 14/12/2020, anilaa escreveu:

    Eu estou pensando em cancelar o Disney+
    Nem minha filha está assistindo

    O ruim é que depois que cancelar, a vai querer assistir, sabe como é crianças......


    Não é só crianças, adultos também, kkkk. Mas é assim, quando está disponível, vamos deixando e assistindo outras coisas, quando perdemos, começamos a sentir falta, tipo "puxa, queria ver esse filme, mas não tenho mais esse streaming".

  • aapc01

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 14/12/2020 às 18:04
    Autor: aapc01 Offline

    Em 14/12/2020, anilaa escreveu:

    Eu estou pensando em cancelar o Disney+
    Nem minha filha está assistindo

    O ruim é que depois que cancelar, a vai querer assistir, sabe como é crianças......


    ola

    dá uma olhada no tópico aqui sobre os lançamentos da disney que começam em janeiro

    basta cancelar e começar a ver o que lançaram que bate a vontade novamente, eheheh

    e lembrando, promoções de lançamento acabam quando se cancela. salvo interesse da operadora.

  • jailsonrf

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 15/12/2020 às 11:15
    Autor: jailsonrf Offline

    Em 14/12/2020, lobowas escreveu:

    Em 14/12/2020, anilaa escreveu:

    Eu estou pensando em cancelar o Disney+
    Nem minha filha está assistindo

    O ruim é que depois que cancelar, a vai querer assistir, sabe como é crianças......


    Não é só crianças, adultos também, kkkk. Mas é assim, quando está disponível, vamos deixando e assistindo outras coisas, quando perdemos, começamos a sentir falta, tipo "puxa, queria ver esse filme, mas não tenho mais esse streaming".


    É bem isso mesmo, aqui fiquei uma época sem o Netflix, mas sempre ouvia o povo falando sobre isso, sobre aquilo, aí não tem tem jeito, você acaba sendo excluído kkk

    Mas acho que nos próximos anos isso deve mudar com fusão de alguns serviços, aí teremos um número menor de streamings no mercado, a história mostra isso com a fusão de várias empresas em um mesmo conglomerado, a Disney já é um exemplo, se notar, caso a empresa hoje se dividisse como era décadas atrás, hoje teríamos dezenas de empresas de streamings, então acho que no futuro ela abocanhará outras empresas.

  • jailsonrf

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 16/12/2020 às 10:29
    Autor: jailsonrf Offline

    Em 14/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 14/12/2020, anilaa escreveu:

    Eu estou pensando em cancelar o Disney+
    Nem minha filha está assistindo

    O ruim é que depois que cancelar, a vai querer assistir, sabe como é crianças......


    ola

    dá uma olhada no tópico aqui sobre os lançamentos da disney que começam em janeiro

    basta cancelar e começar a ver o que lançaram que bate a vontade novamente, eheheh

    e lembrando, promoções de lançamento acabam quando se cancela. salvo interesse da operadora.


    Certíssimo , promoção acaba quando se cancela, tem muita gente que está se cadastrando no Directv GO e depois cancela, aí tenta voltar novamente e vê que o HBO não está mais disponível, o mesmo acontece com o Disney+ tem gente cancelando e querendo voltar, dependendo do contrato dão até 6 meses de degustação, então quem aproveita essas promoções tem que saber que depois que cancelar você volta do zero, por isso não existe fidelidade e nem restrição para cancelar, mas na hora de voltar não tem jeito, não tem mais privilégios.

  • jailsonrf

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 21/12/2020 às 18:10
    Autor: jailsonrf Offline

    Segue lançamentos da Semana no Disney+

    Clique aqui

  • aapc01

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 21/12/2020 às 18:50
    Autor: aapc01 Offline

    Em 16/12/2020, jailsonrf escreveu:

    Em 14/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 14/12/2020, anilaa escreveu:

    Eu estou pensando em cancelar o Disney+
    Nem minha filha está assistindo

    O ruim é que depois que cancelar, a vai querer assistir, sabe como é crianças......


    ola

    dá uma olhada no tópico aqui sobre os lançamentos da disney que começam em janeiro

    basta cancelar e começar a ver o que lançaram que bate a vontade novamente, eheheh

    e lembrando, promoções de lançamento acabam quando se cancela. salvo interesse da operadora.


    Certíssimo , promoção acaba quando se cancela, tem muita gente que está se cadastrando no Directv GO e depois cancela, aí tenta voltar novamente e vê que o HBO não está mais disponível, o mesmo acontece com o Disney+ tem gente cancelando e querendo voltar, dependendo do contrato dão até 6 meses de degustação, então quem aproveita essas promoções tem que saber que depois que cancelar você volta do zero, por isso não existe fidelidade e nem restrição para cancelar, mas na hora de voltar não tem jeito, não tem mais privilégios.


    a disney foi a empresa que mais parcerias fez, desde globo, mercado livre e outros tantos que não me lembro mais, mas só faltou ter parceria com a feira do bairro, eheheh

    streaming é preciso ter mudança de paradigma, ou seja, o cliente tem que procurar, no meio da lista, títulos e experimentar, igual zapping na tv. sem imagem. por isso é que fica a sensação de que não tem nada original.

    e a partir de janeiro e por todo o ano, teremos mais lançamentos. já anunciaram até 2022.

    e, novamente, o preço de lançamento/parcerias não retornam, não tem como exigir direitos por conta disso. pode existir até alguma oferta para retornar, mas dificilmente será o do lançamento.

  • jailsonrf

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 28/12/2020 às 11:02
    Autor: jailsonrf Offline

    Em 21/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 16/12/2020, jailsonrf escreveu:

    Em 14/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 14/12/2020, anilaa escreveu:

    Eu estou pensando em cancelar o Disney+
    Nem minha filha está assistindo

    O ruim é que depois que cancelar, a vai querer assistir, sabe como é crianças......


    ola

    dá uma olhada no tópico aqui sobre os lançamentos da disney que começam em janeiro

    basta cancelar e começar a ver o que lançaram que bate a vontade novamente, eheheh

    e lembrando, promoções de lançamento acabam quando se cancela. salvo interesse da operadora.


    Certíssimo , promoção acaba quando se cancela, tem muita gente que está se cadastrando no Directv GO e depois cancela, aí tenta voltar novamente e vê que o HBO não está mais disponível, o mesmo acontece com o Disney+ tem gente cancelando e querendo voltar, dependendo do contrato dão até 6 meses de degustação, então quem aproveita essas promoções tem que saber que depois que cancelar você volta do zero, por isso não existe fidelidade e nem restrição para cancelar, mas na hora de voltar não tem jeito, não tem mais privilégios.


    a disney foi a empresa que mais parcerias fez, desde globo, mercado livre e outros tantos que não me lembro mais, mas só faltou ter parceria com a feira do bairro, eheheh

    streaming é preciso ter mudança de paradigma, ou seja, o cliente tem que procurar, no meio da lista, títulos e experimentar, igual zapping na tv. sem imagem. por isso é que fica a sensação de que não tem nada original.

    e a partir de janeiro e por todo o ano, teremos mais lançamentos. já anunciaram até 2022.

    e, novamente, o preço de lançamento/parcerias não retornam, não tem como exigir direitos por conta disso. pode existir até alguma oferta para retornar, mas dificilmente será o do lançamento.


    Vale lembrar que além dos lançamentos que você mencionou para os próximos dois anos, teremos no meio do ano de 2021 outra mudança importante, vem aí o Star+ que deve agregar canais esportivos e todo acervo dos atuais canais FOX que também mudarão de nomes em fevereiro e terá desconto para quem tem o Disney+

    Mas é como você falou, fica a sensação de não ter muito conteúdo porque fica meio oculto e a pessoa tem que fazer busca, aqui eu fiquei meio decepcionado com o conteúdo do National Geographic mas algumas séries como COSMOS só achei na busca, pois não aparece dentro da aba do National Geographic, mesmo zapeando todo o conteúdo. Mas é como falei antes, apesar de ter um conteúdo limitado tem muita coisa para se ver apesar de ser um serviço mais caro que outros streamings do mercado.

  • aapc01

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 28/12/2020 às 12:31
    Autor: aapc01 Offline

    Em 28/12/2020, jailsonrf escreveu:

    Em 21/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 16/12/2020, jailsonrf escreveu:

    Em 14/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 14/12/2020, anilaa escreveu:

    Eu estou pensando em cancelar o Disney+
    Nem minha filha está assistindo

    O ruim é que depois que cancelar, a vai querer assistir, sabe como é crianças......


    ola

    dá uma olhada no tópico aqui sobre os lançamentos da disney que começam em janeiro

    basta cancelar e começar a ver o que lançaram que bate a vontade novamente, eheheh

    e lembrando, promoções de lançamento acabam quando se cancela. salvo interesse da operadora.


    Certíssimo , promoção acaba quando se cancela, tem muita gente que está se cadastrando no Directv GO e depois cancela, aí tenta voltar novamente e vê que o HBO não está mais disponível, o mesmo acontece com o Disney+ tem gente cancelando e querendo voltar, dependendo do contrato dão até 6 meses de degustação, então quem aproveita essas promoções tem que saber que depois que cancelar você volta do zero, por isso não existe fidelidade e nem restrição para cancelar, mas na hora de voltar não tem jeito, não tem mais privilégios.


    a disney foi a empresa que mais parcerias fez, desde globo, mercado livre e outros tantos que não me lembro mais, mas só faltou ter parceria com a feira do bairro, eheheh

    streaming é preciso ter mudança de paradigma, ou seja, o cliente tem que procurar, no meio da lista, títulos e experimentar, igual zapping na tv. sem imagem. por isso é que fica a sensação de que não tem nada original.

    e a partir de janeiro e por todo o ano, teremos mais lançamentos. já anunciaram até 2022.

    e, novamente, o preço de lançamento/parcerias não retornam, não tem como exigir direitos por conta disso. pode existir até alguma oferta para retornar, mas dificilmente será o do lançamento.


    Vale lembrar que além dos lançamentos que você mencionou para os próximos dois anos, teremos no meio do ano de 2021 outra mudança importante, vem aí o Star+ que deve agregar canais esportivos e todo acervo dos atuais canais FOX que também mudarão de nomes em fevereiro e terá desconto para quem tem o Disney+

    Mas é como você falou, fica a sensação de não ter muito conteúdo porque fica meio oculto e a pessoa tem que fazer busca, aqui eu fiquei meio decepcionado com o conteúdo do National Geographic mas algumas séries como COSMOS só achei na busca, pois não aparece dentro da aba do National Geographic, mesmo zapeando todo o conteúdo. Mas é como falei antes, apesar de ter um conteúdo limitado tem muita coisa para se ver apesar de ser um serviço mais caro que outros streamings do mercado.


    ola

    a procura é uma falha de todos os streamings, inclusive netflix. é preciso praticamente saber o que você procura para achar alguma coisa. ainda não descobriram como resolver isso.

    sobre o star+, vi uma propaganda nos EUA sobre o combo Hulu, disney+ e espn. o custo de U$ 19,90 mensal, com programação ao vivo dos canais americanos e esportes.

    também vi o comercial do Discovery+, com 50 mil episódios mais 300 exclusivos no ato do lançamento dia 04.01, exclusivamente nos EUA, por U$ 4,99

    quando comemoramos preços baixos de directv go e claro box não podemos esquecer que a carga tributária de 50% que a tv convencional paga não existe no streaming.

    torcer para que não passe mais essa lei.

    a dúvida é... será que teremos 50 mil títulos por aqui também na discovery+ além dos 300 exclusivos?

    no star+ duvido que tenhamos tanta coisa diferente do que passa na tv convencional.

    enfim, como já dissemos em outros tópicos, todos os serviços novos precisam ser aprimorados mas acredito que em breve isso ocorrerá.

  • jailsonrf

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 01/01/2021 às 19:53
    Autor: jailsonrf Offline

    Em 28/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 28/12/2020, jailsonrf escreveu:

    Em 21/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 16/12/2020, jailsonrf escreveu:

    Em 14/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 14/12/2020, anilaa escreveu:

    Eu estou pensando em cancelar o Disney+
    Nem minha filha está assistindo

    O ruim é que depois que cancelar, a vai querer assistir, sabe como é crianças......


    ola

    dá uma olhada no tópico aqui sobre os lançamentos da disney que começam em janeiro

    basta cancelar e começar a ver o que lançaram que bate a vontade novamente, eheheh

    e lembrando, promoções de lançamento acabam quando se cancela. salvo interesse da operadora.


    Certíssimo , promoção acaba quando se cancela, tem muita gente que está se cadastrando no Directv GO e depois cancela, aí tenta voltar novamente e vê que o HBO não está mais disponível, o mesmo acontece com o Disney+ tem gente cancelando e querendo voltar, dependendo do contrato dão até 6 meses de degustação, então quem aproveita essas promoções tem que saber que depois que cancelar você volta do zero, por isso não existe fidelidade e nem restrição para cancelar, mas na hora de voltar não tem jeito, não tem mais privilégios.


    a disney foi a empresa que mais parcerias fez, desde globo, mercado livre e outros tantos que não me lembro mais, mas só faltou ter parceria com a feira do bairro, eheheh

    streaming é preciso ter mudança de paradigma, ou seja, o cliente tem que procurar, no meio da lista, títulos e experimentar, igual zapping na tv. sem imagem. por isso é que fica a sensação de que não tem nada original.

    e a partir de janeiro e por todo o ano, teremos mais lançamentos. já anunciaram até 2022.

    e, novamente, o preço de lançamento/parcerias não retornam, não tem como exigir direitos por conta disso. pode existir até alguma oferta para retornar, mas dificilmente será o do lançamento.


    Vale lembrar que além dos lançamentos que você mencionou para os próximos dois anos, teremos no meio do ano de 2021 outra mudança importante, vem aí o Star+ que deve agregar canais esportivos e todo acervo dos atuais canais FOX que também mudarão de nomes em fevereiro e terá desconto para quem tem o Disney+

    Mas é como você falou, fica a sensação de não ter muito conteúdo porque fica meio oculto e a pessoa tem que fazer busca, aqui eu fiquei meio decepcionado com o conteúdo do National Geographic mas algumas séries como COSMOS só achei na busca, pois não aparece dentro da aba do National Geographic, mesmo zapeando todo o conteúdo. Mas é como falei antes, apesar de ter um conteúdo limitado tem muita coisa para se ver apesar de ser um serviço mais caro que outros streamings do mercado.


    ola

    a procura é uma falha de todos os streamings, inclusive netflix. é preciso praticamente saber o que você procura para achar alguma coisa. ainda não descobriram como resolver isso.

    sobre o star+, vi uma propaganda nos EUA sobre o combo Hulu, disney+ e espn. o custo de U$ 19,90 mensal, com programação ao vivo dos canais americanos e esportes.

    também vi o comercial do Discovery+, com 50 mil episódios mais 300 exclusivos no ato do lançamento dia 04.01, exclusivamente nos EUA, por U$ 4,99

    quando comemoramos preços baixos de directv go e claro box não podemos esquecer que a carga tributária de 50% que a tv convencional paga não existe no streaming.

    torcer para que não passe mais essa lei.

    a dúvida é... será que teremos 50 mil títulos por aqui também na discovery+ além dos 300 exclusivos?

    no star+ duvido que tenhamos tanta coisa diferente do que passa na tv convencional.

    enfim, como já dissemos em outros tópicos, todos os serviços novos precisam ser aprimorados mas acredito que em breve isso ocorrerá.


    Quanto a procura dos conteúdos ser falha, eles até vem tentando melhorar nesse quesito indicando filmes e séries em um local chamado "Porque você assistiu: Série XX" aí aparece filmes relacionado ao filme ou série que você assistiu anteriormente.

    Sobre o preço do Star+ e os outros que você postou, para a nossa realidade é muito caro, ficaria em torno de 100 R$, então acho que iram colocar na nossa realidade.

    Quantos aos impostos é isso mesmo, mas o "Posto Ipiranga" já está querendo mudar essa história, o mesmo acontece com o PIX nas transferências onde ele já indica uma futura cobrança de IOF.

  • aapc01

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 01/01/2021 às 22:11
    Autor: aapc01 Offline

    Em 01/01/2021, jailsonrf escreveu:

    Em 28/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 28/12/2020, jailsonrf escreveu:

    Em 21/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 16/12/2020, jailsonrf escreveu:

    Em 14/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 14/12/2020, anilaa escreveu:

    Eu estou pensando em cancelar o Disney+
    Nem minha filha está assistindo

    O ruim é que depois que cancelar, a vai querer assistir, sabe como é crianças......


    ola

    dá uma olhada no tópico aqui sobre os lançamentos da disney que começam em janeiro

    basta cancelar e começar a ver o que lançaram que bate a vontade novamente, eheheh

    e lembrando, promoções de lançamento acabam quando se cancela. salvo interesse da operadora.


    Certíssimo , promoção acaba quando se cancela, tem muita gente que está se cadastrando no Directv GO e depois cancela, aí tenta voltar novamente e vê que o HBO não está mais disponível, o mesmo acontece com o Disney+ tem gente cancelando e querendo voltar, dependendo do contrato dão até 6 meses de degustação, então quem aproveita essas promoções tem que saber que depois que cancelar você volta do zero, por isso não existe fidelidade e nem restrição para cancelar, mas na hora de voltar não tem jeito, não tem mais privilégios.


    a disney foi a empresa que mais parcerias fez, desde globo, mercado livre e outros tantos que não me lembro mais, mas só faltou ter parceria com a feira do bairro, eheheh

    streaming é preciso ter mudança de paradigma, ou seja, o cliente tem que procurar, no meio da lista, títulos e experimentar, igual zapping na tv. sem imagem. por isso é que fica a sensação de que não tem nada original.

    e a partir de janeiro e por todo o ano, teremos mais lançamentos. já anunciaram até 2022.

    e, novamente, o preço de lançamento/parcerias não retornam, não tem como exigir direitos por conta disso. pode existir até alguma oferta para retornar, mas dificilmente será o do lançamento.


    Vale lembrar que além dos lançamentos que você mencionou para os próximos dois anos, teremos no meio do ano de 2021 outra mudança importante, vem aí o Star+ que deve agregar canais esportivos e todo acervo dos atuais canais FOX que também mudarão de nomes em fevereiro e terá desconto para quem tem o Disney+

    Mas é como você falou, fica a sensação de não ter muito conteúdo porque fica meio oculto e a pessoa tem que fazer busca, aqui eu fiquei meio decepcionado com o conteúdo do National Geographic mas algumas séries como COSMOS só achei na busca, pois não aparece dentro da aba do National Geographic, mesmo zapeando todo o conteúdo. Mas é como falei antes, apesar de ter um conteúdo limitado tem muita coisa para se ver apesar de ser um serviço mais caro que outros streamings do mercado.


    ola

    a procura é uma falha de todos os streamings, inclusive netflix. é preciso praticamente saber o que você procura para achar alguma coisa. ainda não descobriram como resolver isso.

    sobre o star+, vi uma propaganda nos EUA sobre o combo Hulu, disney+ e espn. o custo de U$ 19,90 mensal, com programação ao vivo dos canais americanos e esportes.

    também vi o comercial do Discovery+, com 50 mil episódios mais 300 exclusivos no ato do lançamento dia 04.01, exclusivamente nos EUA, por U$ 4,99

    quando comemoramos preços baixos de directv go e claro box não podemos esquecer que a carga tributária de 50% que a tv convencional paga não existe no streaming.

    torcer para que não passe mais essa lei.

    a dúvida é... será que teremos 50 mil títulos por aqui também na discovery+ além dos 300 exclusivos?

    no star+ duvido que tenhamos tanta coisa diferente do que passa na tv convencional.

    enfim, como já dissemos em outros tópicos, todos os serviços novos precisam ser aprimorados mas acredito que em breve isso ocorrerá.


    Quanto a procura dos conteúdos ser falha, eles até vem tentando melhorar nesse quesito indicando filmes e séries em um local chamado "Porque você assistiu: Série XX" aí aparece filmes relacionado ao filme ou série que você assistiu anteriormente.

    Sobre o preço do Star+ e os outros que você postou, para a nossa realidade é muito caro, ficaria em torno de 100 R$, então acho que iram colocar na nossa realidade.

    Quantos aos impostos é isso mesmo, mas o "Posto Ipiranga" já está querendo mudar essa história, o mesmo acontece com o PIX nas transferências onde ele já indica uma futura cobrança de IOF.


    o grande problema do preço é que conteúdos novos serão em menor número do que o da matriz. não tem como, tem que "emagrecer" o pacote.

    e sim, é um preço caro para nossa realidade com um dólar super alto

    quanto aos impostos, não tem como, quebraram o país, incharam a máquina pública com cargos desnecessários e gente ideologicamente combinado, com isso reduziu a capacidade de investimentos e o país está a um fio de centavo de não ter mais dinheiro para pagar qualquer coisa que se queira construir, só pagando a máquina pública.

    e concordo, não é com mais impostos que isso vai resolver, ao contrário, vai reduzir a quantidade de pessoas pagando, já que estarão na informalidade.

    mas isso não é de 2 anos para cá, isso já vem de pelo menos 35 anos e isso só vai piorar, infelizmente.

  • jailsonrf

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 08/01/2021 às 02:18
    Autor: jailsonrf Offline

    Em 01/01/2021, aapc01 escreveu:

    Em 01/01/2021, jailsonrf escreveu:

    Em 28/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 28/12/2020, jailsonrf escreveu:

    Em 21/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 16/12/2020, jailsonrf escreveu:

    Em 14/12/2020, aapc01 escreveu:

    Em 14/12/2020, anilaa escreveu:

    Eu estou pensando em cancelar o Disney+
    Nem minha filha está assistindo

    O ruim é que depois que cancelar, a vai querer assistir, sabe como é crianças......


    ola

    dá uma olhada no tópico aqui sobre os lançamentos da disney que começam em janeiro

    basta cancelar e começar a ver o que lançaram que bate a vontade novamente, eheheh

    e lembrando, promoções de lançamento acabam quando se cancela. salvo interesse da operadora.


    Certíssimo , promoção acaba quando se cancela, tem muita gente que está se cadastrando no Directv GO e depois cancela, aí tenta voltar novamente e vê que o HBO não está mais disponível, o mesmo acontece com o Disney+ tem gente cancelando e querendo voltar, dependendo do contrato dão até 6 meses de degustação, então quem aproveita essas promoções tem que saber que depois que cancelar você volta do zero, por isso não existe fidelidade e nem restrição para cancelar, mas na hora de voltar não tem jeito, não tem mais privilégios.


    a disney foi a empresa que mais parcerias fez, desde globo, mercado livre e outros tantos que não me lembro mais, mas só faltou ter parceria com a feira do bairro, eheheh

    streaming é preciso ter mudança de paradigma, ou seja, o cliente tem que procurar, no meio da lista, títulos e experimentar, igual zapping na tv. sem imagem. por isso é que fica a sensação de que não tem nada original.

    e a partir de janeiro e por todo o ano, teremos mais lançamentos. já anunciaram até 2022.

    e, novamente, o preço de lançamento/parcerias não retornam, não tem como exigir direitos por conta disso. pode existir até alguma oferta para retornar, mas dificilmente será o do lançamento.


    Vale lembrar que além dos lançamentos que você mencionou para os próximos dois anos, teremos no meio do ano de 2021 outra mudança importante, vem aí o Star+ que deve agregar canais esportivos e todo acervo dos atuais canais FOX que também mudarão de nomes em fevereiro e terá desconto para quem tem o Disney+

    Mas é como você falou, fica a sensação de não ter muito conteúdo porque fica meio oculto e a pessoa tem que fazer busca, aqui eu fiquei meio decepcionado com o conteúdo do National Geographic mas algumas séries como COSMOS só achei na busca, pois não aparece dentro da aba do National Geographic, mesmo zapeando todo o conteúdo. Mas é como falei antes, apesar de ter um conteúdo limitado tem muita coisa para se ver apesar de ser um serviço mais caro que outros streamings do mercado.


    ola

    a procura é uma falha de todos os streamings, inclusive netflix. é preciso praticamente saber o que você procura para achar alguma coisa. ainda não descobriram como resolver isso.

    sobre o star+, vi uma propaganda nos EUA sobre o combo Hulu, disney+ e espn. o custo de U$ 19,90 mensal, com programação ao vivo dos canais americanos e esportes.

    também vi o comercial do Discovery+, com 50 mil episódios mais 300 exclusivos no ato do lançamento dia 04.01, exclusivamente nos EUA, por U$ 4,99

    quando comemoramos preços baixos de directv go e claro box não podemos esquecer que a carga tributária de 50% que a tv convencional paga não existe no streaming.

    torcer para que não passe mais essa lei.

    a dúvida é... será que teremos 50 mil títulos por aqui também na discovery+ além dos 300 exclusivos?

    no star+ duvido que tenhamos tanta coisa diferente do que passa na tv convencional.

    enfim, como já dissemos em outros tópicos, todos os serviços novos precisam ser aprimorados mas acredito que em breve isso ocorrerá.


    Quanto a procura dos conteúdos ser falha, eles até vem tentando melhorar nesse quesito indicando filmes e séries em um local chamado "Porque você assistiu: Série XX" aí aparece filmes relacionado ao filme ou série que você assistiu anteriormente.

    Sobre o preço do Star+ e os outros que você postou, para a nossa realidade é muito caro, ficaria em torno de 100 R$, então acho que iram colocar na nossa realidade.

    Quantos aos impostos é isso mesmo, mas o "Posto Ipiranga" já está querendo mudar essa história, o mesmo acontece com o PIX nas transferências onde ele já indica uma futura cobrança de IOF.


    o grande problema do preço é que conteúdos novos serão em menor número do que o da matriz. não tem como, tem que "emagrecer" o pacote.

    e sim, é um preço caro para nossa realidade com um dólar super alto

    quanto aos impostos, não tem como, quebraram o país, incharam a máquina pública com cargos desnecessários e gente ideologicamente combinado, com isso reduziu a capacidade de investimentos e o país está a um fio de centavo de não ter mais dinheiro para pagar qualquer coisa que se queira construir, só pagando a máquina pública.

    e concordo, não é com mais impostos que isso vai resolver, ao contrário, vai reduzir a quantidade de pessoas pagando, já que estarão na informalidade.

    mas isso não é de 2 anos para cá, isso já vem de pelo menos 35 anos e isso só vai piorar, infelizmente.


    Falar sobre esse assunto é sensível, quando você cita de 35 anos para cá, me recordo da ditadura que acabou no período mencionado. Foram épocas difíceis do nosso país, mas apesar de tudo, vejo que entramo no buraco a 2 anos e estamos apenas cavando, mesmo que queira sair, sempre vem o "homi" fala bobagem e afunda ainda mais.

    Voltando a Disney, ela divulgou um novo vídeo sobre o Star+ que será lançado em breve na Europa

    Segue vídeo de divulgação: Clique aqui

  • jailsonrf

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 08/01/2021 às 02:21
    Autor: jailsonrf Offline

    Outras notícias você encontra nesse site NÃO oficial de uma comunidade que atualizam filmes e lançamentos diversos sobre o serviço

    Clique aqui

  • aapc01

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 17/01/2021 às 00:35
    Autor: aapc01 Offline

    começou ontem, a primeira série inédita do universo marvel. ao menos não lembro de outra série, ehehe.. wanda vision

  • Avatar

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 17/01/2021 às 13:01
    Autor: josecr Offline

    Não sei se ja foi dito, mas não gostei das legendagens, os que vi até agora, estão usando português de Portugal.

  • aapc01

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 17/01/2021 às 22:02
    Autor: aapc01 Offline

    Em 17/01/2021, josecr escreveu:

    Não sei se ja foi dito, mas não gostei das legendagens, os que vi até agora, estão usando português de Portugal.


    mandalorian fizeram no primeiro ano com PT-BR... provavelmente esqueceram de contratar alguém para fazer as novas legendas. talvez em breve isso seja resolvido

  • Avatar

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 18/01/2021 às 09:52
    Autor: josecr Offline

    Não foi só em mandolarian, até nos desenhos isto ocorrre.

  • jailsonrf

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 18/01/2021 às 12:09
    Autor: jailsonrf Offline

    WandaVision vira título mais bem-avaliado da Marvel no Rotten Tomatoes

    imagem



    Os dois primeiros episódios de "WandaVision" chegaram à Disney Plus (Disney+) na sexta-feira (15/1) e sua abordagem não ortodoxa, que transforma a narrativa numa sitcom clássica, foi muito bem recebida pela crítica. Com 128 resenhas contabilizadas, a série da Marvel Studios foi oficialmente certificada como "fresca", com 97% de aprovação da crítica, na média apurada pelo site Rotten Tomatoes.

    O consenso publicado pelo site diz: "Em parte homenagem amorosa à história da TV, em parte mistério desconcertante, WandaVision é um passo maravilhosamente estranho e surpreendentemente ousado do MCU para a telinha - e uma vitrine perfeita para os talentos de Elizabeth Olsen e Paul Bettany".

    Essa pontuação significa que "WandaVision" é atualmente a produção do MCU (Universo Cinematográfico da Marvel" mais bem-avaliada no Rotten Tomatoes. A série rebaixou "Pantera Negra" para o 2º lugar, com 96% de provação, enquanto "Vingadores: Ultimato", "Homem de Ferro" e "Thor: Ragnarok" completam o Top 5 com pontuações acima dos 90%.

    "WandaVision" representa um ótimo começo para os programas do MCU na Disney Plus, e todas as atenções agora estarão voltadas para "Falcão e o Soldado Invernal", para ver se a Marvel Studios consegue manter essa qualidade na produção de sua segunda série.

    Clique aqui

  • aapc01

    CLUBE DO DISNEY+

    Operadora
    Postado em: 05/05/2021 às 21:17
    Autor: aapc01 Offline

    depois de ver o que está por vir no Disney+, cancelei minha assinatura. já assistia pouco então pagar para não assistir já era algo surreal, continuar a pagar vendo que o que está por vir é não gostar de mim mesmo.

    eheheh, boa sorte para eles.

    abs

  • Páginas:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
As publicações desta página são unicamente de responsabilidade de seus autores, de acordo com os Termos de Uso da TV Magazine.

Busca no Fórum

Agenda de Canais

  • Atualize-nos: informe a TV Magazine sobre sinais abertos, alterações de canais e line-ups na sua cidade, seja TV aberta ou paga.

Fale Conosco

Dúvidas, ideias, sugestões, elogios ou críticas?
Queremos ouvir você!

© 2021 - TV Magazine, todos os direitos reservados. Programação da TV fornecida por Revista Eletrônica.
Proibida a cópia parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização expressa.