Estamos no seu:
Lembrar Apelido TVid

Amazon Prime Video ameaça a liderança da Netflix

  • Tópico criado por: lucasbrighenti
  • Páginas:
  • 1
  • Avatar

    Amazon Prime Video ameaça a liderança da Netflix

    Operadora
    Postado em: 18/10/2020 às 11:38
    Autor: lucasbrighenti Offline

    Um levantamento da Reelgood, plataforma que agrega conteúdos de serviços de streaming, mostrou como anda a disputa por audiência dos principais serviços do gênero nos Estados Unidos. E um dos principais destaques é o fato do Prime Video, da Amazon, diminuir a cada trimestre a sua diferença em relação a Netflix, a líder desse mercado.

    Segundo o relatório, a Netflix mantém sua liderança no terceiro trimestre deste ano, com 25% do marketshare (contra 32% no segundo trimestre). Já o Prime Video pulou de 20% para 21% de um trimestre para outro, com a diferença entre as plataformas diminuindo de forma sensível nos últimos meses.

    O Hulu, por sua vez, mantém a terceira colocação, ainda que a sua participação tenha diminuído de 19% para 15% entre os dois últimos trimestres. No entanto, outro destaque do ranking fica por conta do crescimento do HBO Max, cujo marketshare saltou de 3% para 9% no último tri, ultrapassando ninguém menos que a Disney+.

    imagem



    De acordo com a Reelgood, os ganhos aparentemente massivos da HBO Max em compartilhamento de streaming neste trimestre se devem, em parte, ao fato do serviço ter começado depois dos outros concorrentes - seu lançamento se deu no dia 27 de maio deste ano. Outro fator a considerar é que vários filmes e programas de TV da HBO Max, na verdade, foram classificados de forma consistente nas listas mensais mais assistidas da Reelgood de julho a setembro, como Coringa, Birds of Prey, Matrix, Game of Thrones, Rick e Morty, entre outros. Isso contribuiu para o aumento de audiência da plataforma da WarnerMedia.

    Outro fator que chama a atenção é a ausência do Apple TV+ da relação dos mais populares. Um dos fatores que podem explicar isso é que a plataforma da Maçã tem a estratégia de investir apenas em conteúdos originais. E isso é arriscado por alguns motivos. Primeiro, porque produzir esse material leva tempo e demanda um belo investimento em produção - para piorar a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2) atrasou suas produções (e da concorrência também, sejamos justos). Segundo, porque sempre há o risco (que não é pequeno) do filme ou da série simplesmente não cair no gosto do público - o que significa que não atrairá novos assinantes. Além disso, a empresa precisará ter lançamentos constantes para manter o interesse da audiência, o que significa mais gastos.

    https://canaltech.com.br/mercado/amazon-prime-video-ameaca-cada-vez-mais-a-lideranca-do-netflix-aponta-relatorio-172979/

  • Páginas:
  • 1
As publicações desta página são unicamente de responsabilidade de seus autores, de acordo com os Termos de Uso da TV Magazine.

Busca no Fórum

Agenda de Canais

  • Atualize-nos: informe a TV Magazine sobre sinais abertos, alterações de canais e line-ups na sua cidade, seja TV aberta ou paga.

Fale Conosco

Dúvidas, ideias, sugestões, elogios ou críticas?
Queremos ouvir você!

© 2020 - TV Magazine, todos os direitos reservados. Programação da TV fornecida por Revista Eletrônica.
Proibida a cópia parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização expressa.