Estamos no seu:
Lembrar Apelido TVid

Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

  • Tópico criado por: LeonardBernardo
  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 05/12/2018 às 22:10
    Autor: r2reis Offline

    Globoplay terá pacote com Telecine e Premiere

    Plataforma de streaming lança novo serviço de assinatura de séries e filmes. Usuário poderá escolher quais conteúdos quer assinar
    Silvia Amorim
    05/12/2018 - 04:30 / 05/12/2018 - 07:05

    SÃO PAULO - Maior plataforma brasileira de streaming , o Globoplay lançou no último sábado um novo serviço de assinatura de séries e filmes que permite agora a seus usuários comprarem conteúdo direto também do Telecine e do Premiere. O interessado poderá personalizar o próprio pacote, podendo assinar um, dois ou os três conteúdos. O preço da assinatura é a partir de R$ 24,90.

    O Globoplay reúne as produções originais Globo, além de filmes e séries internacionais renomadas, incluindo títulos exclusivos que só serão exibidos on-line. Algumas das séries internacionais que recentemente entraram na plataforma foram "The Good Doctor", "Killing Eve", "Charmed", "House", "Dawsons Creek", "A Million Little Things", "Marry Me", "Ben Hur" e "Bonnie & Clyde". Entre as nacionais, estrearam com exclusividade "Além da Ilha", "Assédio" e "Ilha de Ferro".

    De acordo com o diretor-geral do Globoplay, João Mesquita, a plataforma passou por forte investimento em conteúdo e tecnologia e terá como maior diferencial ser um produto "feito por brasileiros para brasileiros".

    -Foram 12 meses de trabalho intenso, fizemos grandes investimentos em tecnologia que nos permitiram chegar a essa nova plataforma de billing (cobrança) que permite a compra simultânea ou em separado de vários produtos do grupo.

    A principal mudança no serviço de streaming Globoplay é a liberdade dos usuários agora para montarem seu próprio pacote de assinatura.

    - Somos os únicos a fazer isso. Vivemos uma lógica diferente de negócio em relação à concorrência - afirmou Mesquita, durante apresentação em São Paulo do novo sistema de assinaturas.

    A plataforma Globoplay conta hoje, além das produções originais Globo, com cerca de 20 séries internacionais, seis séries brasileiras exclusivas e cem filmes internacionais. A previsão é que cem novas séries internacionais sejam adicionadas à plataforma até o fim de 2019.

    PUBLICIDADE

    -Do ponto de vista de conteúdo, fizemos um grande lançamento da série "The Good Doctor", nosso primeiro conteúdo internacional comprado com exclusividade. Desde então lançamos duas séries originais do Globoplay e produzidas pelos estúdios Globo, "Assédio" e "Ilha de Ferro". Nos próximos três meses vamos ter uma avalanche de novo conteúdo - afirmou Mesquita.

    Atualmente trafegam pelo Globoplay cerca de 20 milhões de usuários, entre gratuitos e assinantes.

    O usuário pagante tem a vantagem de não precisar assistir à publicidade para acessar o conteúdo, seja um filme, uma série ou um capítulo da novela. Outra novidade implementada pelo Globoplay para assinantes é o serviço de download de conteúdo para assistir onde quiser. Por enquanto, ele está disponível para produções nacionais.

    Maior capilaridade

    A oferta de assinaturas dos canais Telecine e Premiere sem passar pelas operadoras de TV a cabo, segundo Mesquita, tem como objetivo ampliar a capilaridade do serviço.

    Em relação a novas séries que chegarão à plataforma, a chefe de conteúdo do Globoplay, Bianca Serra, afirmou que ainda não pode divulgar os títulos.

    -Estamos fechando contratos. Muita coisa que já chegou ao mercado americano e não apareceu por aqui ainda chegará em breve.

    Clique aqui

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 05/12/2018 às 22:43
    Autor: Chaplin Online

    Em 05/12/2018, r2reis escreveu:

    Globoplay terá pacote com Telecine e Premiere

    Plataforma de streaming lança novo serviço de assinatura de séries e filmes. Usuário poderá escolher quais conteúdos quer assinar
    Silvia Amorim
    05/12/2018 - 04:30 / 05/12/2018 - 07:05

    SÃO PAULO - Maior plataforma brasileira de streaming , o Globoplay lançou no último sábado um novo serviço de assinatura de séries e filmes que permite agora a seus usuários comprarem conteúdo direto também do Telecine e do Premiere. O interessado poderá personalizar o próprio pacote, podendo assinar um, dois ou os três conteúdos. O preço da assinatura é a partir de R$ 24,90.

    O Globoplay reúne as produções originais Globo, além de filmes e séries internacionais renomadas, incluindo títulos exclusivos que só serão exibidos on-line. Algumas das séries internacionais que recentemente entraram na plataforma foram "The Good Doctor", "Killing Eve", "Charmed", "House", "Dawsons Creek", "A Million Little Things", "Marry Me", "Ben Hur" e "Bonnie & Clyde". Entre as nacionais, estrearam com exclusividade "Além da Ilha", "Assédio" e "Ilha de Ferro".

    De acordo com o diretor-geral do Globoplay, João Mesquita, a plataforma passou por forte investimento em conteúdo e tecnologia e terá como maior diferencial ser um produto "feito por brasileiros para brasileiros".

    -Foram 12 meses de trabalho intenso, fizemos grandes investimentos em tecnologia que nos permitiram chegar a essa nova plataforma de billing (cobrança) que permite a compra simultânea ou em separado de vários produtos do grupo.

    A principal mudança no serviço de streaming Globoplay é a liberdade dos usuários agora para montarem seu próprio pacote de assinatura.

    - Somos os únicos a fazer isso. Vivemos uma lógica diferente de negócio em relação à concorrência - afirmou Mesquita, durante apresentação em São Paulo do novo sistema de assinaturas.

    A plataforma Globoplay conta hoje, além das produções originais Globo, com cerca de 20 séries internacionais, seis séries brasileiras exclusivas e cem filmes internacionais. A previsão é que cem novas séries internacionais sejam adicionadas à plataforma até o fim de 2019.

    PUBLICIDADE

    -Do ponto de vista de conteúdo, fizemos um grande lançamento da série "The Good Doctor", nosso primeiro conteúdo internacional comprado com exclusividade. Desde então lançamos duas séries originais do Globoplay e produzidas pelos estúdios Globo, "Assédio" e "Ilha de Ferro". Nos próximos três meses vamos ter uma avalanche de novo conteúdo - afirmou Mesquita.

    Atualmente trafegam pelo Globoplay cerca de 20 milhões de usuários, entre gratuitos e assinantes.

    O usuário pagante tem a vantagem de não precisar assistir à publicidade para acessar o conteúdo, seja um filme, uma série ou um capítulo da novela. Outra novidade implementada pelo Globoplay para assinantes é o serviço de download de conteúdo para assistir onde quiser. Por enquanto, ele está disponível para produções nacionais.

    Maior capilaridade

    A oferta de assinaturas dos canais Telecine e Premiere sem passar pelas operadoras de TV a cabo, segundo Mesquita, tem como objetivo ampliar a capilaridade do serviço.

    Em relação a novas séries que chegarão à plataforma, a chefe de conteúdo do Globoplay, Bianca Serra, afirmou que ainda não pode divulgar os títulos.

    -Estamos fechando contratos. Muita coisa que já chegou ao mercado americano e não apareceu por aqui ainda chegará em breve.

    Clique aqui


    Tá aí, galera: o futuro da TV chegou!
    Tudo o que todo mundo queria, escolher seu próprio tipo de conteúdo. Isso não veio como esperávamos na Tv DTH, mas já chegou no Streaming. O streaming é o futuro já presente.

    Sabem a transição que o Leonard fez aqui num tópico, todos vão ter de fazer. Eu já fiz há tempo.

    Agora vou fazer uma crítica: assinar o Telecine, beleza! Assinar o Premiere, beleza! Agora, adicionar a isso o preço de 24,90 pelo Globoplay é um absurdo. Se pra assinar Telecine ou Premiere tiver que assinar Globoplay, tá ferrado. Hoje, por exemplo já houve uma mudança no Globoplay, tentei assistir ao Bom Dia Brasil e ao Jornal Hoje, embora eu assistisse antes de graça, e, embora diga lá no app que a Globo é de graça, toda vez que eu clicava pra assistir o jornal, era direcionado a assinar o Globoplay por 24,90. Pagar pra assistir a Globo não dá, né?!

    O mais interessante seria assinar o Globosat Play e ter o canal Globo ao vivo de graça. Ou assinar Telecine ou Premiere e ter a Globo ao vivo de graça.

    Mas eles mesmos estão num processo de transição. Em breve vão ter que se adequar ao novo consumidor. E vai sair mais caro que tv paga? Não! Haverá uma racionalização dos gastos. Self-service.

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 05/12/2018 às 22:55
    Autor: Chaplin Online

    De fato estamos nos direcionando a um protótipo do Spotify da TV, em breve de algum momento. Ainda vai demorar, mas este é o caminho.

    Antes disso, veremos conglomerados de produtoras se juntando. Nesta transição eu queria ver:

    1. A Globosat junto com os Discovery;

    Versus

    2. A Disney junto com a ESPN/FOX.

    Ia dá um bom duelo! Bom pra gente!

    A era dos conteúdos começou a chegar!!!

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 05/12/2018 às 23:03
    Autor: Chaplin Online

    Enfim, 2018 foi um ano morto pra TV DTH, porque todas as produtoras estavam mirando nos próprios streamings que já estão chegando à galope.

    Às operadoras, vai caber investir na internet 5G. Aí sim, será o casamento perfeito e a mútua sobrevivência. A interdependência voltará, mas de uma forma diferenciada e todas sairão ganhando e todos nós sairemos pagando! KKK

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 05/12/2018 às 23:07
    Autor: Chaplin Online

    Sim e o "canal" novo? Canal, que canal? Bom, as informações do que era um canal linear vão ficar salvas em algum disquete! Disquete? kkkk

  • aapc01

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 06/12/2018 às 00:15
    Autor: aapc01 Online

    Em 05/12/2018, Chaplin escreveu:

    Em 05/12/2018, r2reis escreveu:

    Globoplay terá pacote com Telecine e Premiere

    Plataforma de streaming lança novo serviço de assinatura de séries e filmes. Usuário poderá escolher quais conteúdos quer assinar
    Silvia Amorim
    05/12/2018 - 04:30 / 05/12/2018 - 07:05

    SÃO PAULO - Maior plataforma brasileira de streaming , o Globoplay lançou no último sábado um novo serviço de assinatura de séries e filmes que permite agora a seus usuários comprarem conteúdo direto também do Telecine e do Premiere. O interessado poderá personalizar o próprio pacote, podendo assinar um, dois ou os três conteúdos. O preço da assinatura é a partir de R$ 24,90.

    O Globoplay reúne as produções originais Globo, além de filmes e séries internacionais renomadas, incluindo títulos exclusivos que só serão exibidos on-line. Algumas das séries internacionais que recentemente entraram na plataforma foram "The Good Doctor", "Killing Eve", "Charmed", "House", "Dawsons Creek", "A Million Little Things", "Marry Me", "Ben Hur" e "Bonnie & Clyde". Entre as nacionais, estrearam com exclusividade "Além da Ilha", "Assédio" e "Ilha de Ferro".

    De acordo com o diretor-geral do Globoplay, João Mesquita, a plataforma passou por forte investimento em conteúdo e tecnologia e terá como maior diferencial ser um produto "feito por brasileiros para brasileiros".

    -Foram 12 meses de trabalho intenso, fizemos grandes investimentos em tecnologia que nos permitiram chegar a essa nova plataforma de billing (cobrança) que permite a compra simultânea ou em separado de vários produtos do grupo.

    A principal mudança no serviço de streaming Globoplay é a liberdade dos usuários agora para montarem seu próprio pacote de assinatura.

    - Somos os únicos a fazer isso. Vivemos uma lógica diferente de negócio em relação à concorrência - afirmou Mesquita, durante apresentação em São Paulo do novo sistema de assinaturas.

    A plataforma Globoplay conta hoje, além das produções originais Globo, com cerca de 20 séries internacionais, seis séries brasileiras exclusivas e cem filmes internacionais. A previsão é que cem novas séries internacionais sejam adicionadas à plataforma até o fim de 2019.

    PUBLICIDADE

    -Do ponto de vista de conteúdo, fizemos um grande lançamento da série "The Good Doctor", nosso primeiro conteúdo internacional comprado com exclusividade. Desde então lançamos duas séries originais do Globoplay e produzidas pelos estúdios Globo, "Assédio" e "Ilha de Ferro". Nos próximos três meses vamos ter uma avalanche de novo conteúdo - afirmou Mesquita.

    Atualmente trafegam pelo Globoplay cerca de 20 milhões de usuários, entre gratuitos e assinantes.

    O usuário pagante tem a vantagem de não precisar assistir à publicidade para acessar o conteúdo, seja um filme, uma série ou um capítulo da novela. Outra novidade implementada pelo Globoplay para assinantes é o serviço de download de conteúdo para assistir onde quiser. Por enquanto, ele está disponível para produções nacionais.

    Maior capilaridade

    A oferta de assinaturas dos canais Telecine e Premiere sem passar pelas operadoras de TV a cabo, segundo Mesquita, tem como objetivo ampliar a capilaridade do serviço.

    Em relação a novas séries que chegarão à plataforma, a chefe de conteúdo do Globoplay, Bianca Serra, afirmou que ainda não pode divulgar os títulos.

    -Estamos fechando contratos. Muita coisa que já chegou ao mercado americano e não apareceu por aqui ainda chegará em breve.

    Clique aqui


    Tá aí, galera: o futuro da TV chegou!
    Tudo o que todo mundo queria, escolher seu próprio tipo de conteúdo. Isso não veio como esperávamos na Tv DTH, mas já chegou no Streaming. O streaming é o futuro já presente.

    Sabem a transição que o Leonard fez aqui num tópico, todos vão ter de fazer. Eu já fiz há tempo.

    Agora vou fazer uma crítica: assinar o Telecine, beleza! Assinar o Premiere, beleza! Agora, adicionar a isso o preço de 24,90 pelo Globoplay é um absurdo. Se pra assinar Telecine ou Premiere tiver que assinar Globoplay, tá ferrado. Hoje, por exemplo já houve uma mudança no Globoplay, tentei assistir ao Bom Dia Brasil e ao Jornal Hoje, embora eu assistisse antes de graça, e, embora diga lá no app que a Globo é de graça, toda vez que eu clicava pra assistir o jornal, era direcionado a assinar o Globoplay por 24,90. Pagar pra assistir a Globo não dá, né?!

    O mais interessante seria assinar o Globosat Play e ter o canal Globo ao vivo de graça. Ou assinar Telecine ou Premiere e ter a Globo ao vivo de graça.

    Mas eles mesmos estão num processo de transição. Em breve vão ter que se adequar ao novo consumidor. E vai sair mais caro que tv paga? Não! Haverá uma racionalização dos gastos. Self-service.


    quanto a questão de ser mais caro que a tv paga... sim, será e já é...

    vamos lá... vc está falando sobre pagar 25,00 por um globosat play.

    sem pensar em linearidade, por favor... só em custo final...

    o que vc tem a disposição? quantos títulos tem no streaming e quantos títulos tem na tv aberta paga?

    eu pago 130,00 e acho barato em comparação ao dólar (não estou dizendo que vale) mas graças ao Leonard...estou procurando cair fora disso... então pagaria para ver 20 séries? quantas tem na tv aberta paga? (mesmo repetidas, pois nessas 20 também tem repetidas)

    então o custo é altíssimo ,muito demais demasiadamente, só nesse caso...

    vc vive falando sobre assinar 1 ou 2 streamings, mas haverão trocentos e aí?

    mas o raciocínio é correto e só não concordo de que não vai custar mais que a tv paga, vai sim... ehehe

    interessante a globo estar fazendo isso... enquanto alguns canais abertos, vagabundos e sem noção, vendem para igrejas seus horários e tem torcida a favor para acabar com a globo, apesar de NUNCA fazerem nada... a globo procura seus "clientes", seja na tv aberta, paga e, agora, streaming...

    sem ideologia, só como empresa... tem certeza que querem acabar com a globo (não estou falando da dramaturgia ou jornalismo "progressista")?

    enfim, será o caminho de quem quer sobreviver... e dando minha opinião, está na hora de reanalisarem as concessões de tv... é muito NADA para muito dinheiro envolvido

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 06/12/2018 às 10:00
    Autor: Chaplin Online

    aapc01 eu concordo com você. Não é que será caro. O preço da Netflix é uma referência de mercado, "hoje" (não sei amanhã).

    A Globo está certíssima e por isso ela está na frente na audiência até na tv paga. É uma das melhores do mundo, mesmo com coisas que muitos não gostem. Da Globo aberta eu gosto do jornalismo e ponto final. Não consumo outro produto. Mas os caras tem a mente, anos na frente dos outros. Enquanto os concorrentes lutam sofrivelmente pra melhorar seus produtos, a Globo está se transformando em novos modelos. Eis aí o streaming da Globo que com toda concorrência que vai enfrentar com outras produtoras, vai liderar em assinaturas, pois tem o que o brasileiro gosta e já está fazendo parcerias.

    Eu só espero que a Globo não empurre um serviço pra poder ter outro como os terríveis pacotes das operadoras. Eu não me interesso por séries, então quero: Telecine + PremiereFC + Globo aberta (de graça pra assistir os jornais - lembre-se que só consumo 100% streaming) + YouTube.

    No final, vai sair um pouco mais barato, porque neste caso não teremos concorrências de operadoras com os mesmos canais, mais de um grupo de conteúdos versus outro grupo de conteúdos.

    Como dei o exemplo ontem:
    Globosat (+ parceiros) X Disney+ (+parceiros).

    O compulsivo vai assinar os dois e não vai conseguir assistir tudo (mas é status), os sábios assinarão um e complementarão com o YouTube.

    O compulsivo é o cara que se sente o máximo porque pôde comprar um terreno no Saara e um jetski. E exibe pros amigos. Kkkk

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 06/12/2018 às 10:03
    Autor: Chaplin Online

    Sim, notícia boa!!!

    O aplicativo do "Globo Play" voltou a liberar hoje os jornais globais gratuitamente, sem ficar exibindo uma tela pra ter que assinar o app por 24,90.

    O que é de canal aberto, deve continuar sendo de graça!!!

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 06/12/2018 às 11:15
    Autor: Chaplin Online

    Eu queria poder convencer a vcs de que se vc assinar o "Telecine Play" (independente de tv) e usar os canais e programas oficiais do YouTube, vcs seriam muito mais felizes do que são hoje, gastando muito menos. Infelizmente é difícil mudar a mente.

    O próprio Leonard que falhou na primeira tentativa, conseguiu sair e disse estar feliz. Ele, inclusive criou este tópico voltado para o streaming.

    Sim, aapc01, falei com o Leonard ontem pelo zap, ele disse que daqui há 15 dias se não me engano, poderá voltar ao Tv Magazine. Eu disse a ele que ele aprendesse a segurar a língua, ou melhor, segurar o dedo na hora de digitar no site pra não ser suspenso de novo. Ele disse que tá sentindo muita falta e aprendeu a lição. kkkkk

    Ele mandou lembranças ao Phoenix60, ao aapc01, ao JoaoMB e a todos do fórum. Recado dado. Kkk

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 06/12/2018 às 12:15
    Autor: Chaplin Online

    MAIS DE 100 SÉRIES: Para 2019, Globoplay promete catálogo do tamanho da Netflix

    Em entrevista coletiva, realizada nesta terça-feira (04) em São Paulo, o diretor-geral do Globoplay juntamente com outros executivos, apresentaram as metas e novidades para curto e médio prazo do serviço. A principal meta da plataforma de streaming do Grupo Globo. para o próximo ano é ter um catálogo tão grande quanto o da Netflix no Brasil, entre séries originais, atrações da Globo, séries e filmes licenciados.

    "Posso garantir o seguinte: no final do ano que vem, nós teremos tantos assets quanto tem a maior das plataformas que opera no mercado brasileiro", afirmou João Mesquita. "A ideia é termos uma série nova no catálogo por semana. Em alguns momentos, podemos lançar três atrações e aí passar uma ou duas semanas sem nada. Mas, na média, estamos trabalhando com uma novidade por semana" garantiu o diretor.

    Os executivos da plataforma também viajaram em maio para participar da LA Screenings, uma feira de televisão que inclui alguns dos maiores players do mercado. "Nós compramos mais séries lá do que qualquer outro", prometeu Mesquita.

    A plataforma, que atualmente tem 16 séries estrangeiras em seu catálogo, terá aproximadamente 100 produções até o fim de 2019. A maioria dos títulos serão exclusivos do Globoplay no país. Como o .TV já adiantou entre os títulos internacionais que chegarão em breve ao serviço estão a nova série de Benedict Cumberbatch, "Patrick Melrose", o drama de fantasia"A Discovery of Witches", a comédia feminista "Girlfriends Guide to Divorce" e o sucesso "Chicago Fire".

    Outras séries originais estão sendo produzidas pela Globo exclusivamente para o serviço estão a comédia com Tatá Werneck e Eduardo Sterblich, "Shippados", o drama "Aruanas", além de duas temporadas de "A Ilha de Ferro" e uma nova leva de "Sessão de Terapia".

    João Mesquita está confiante no novo formato do Globoplay. "Queremos ter 20 milhões de assinantes, e dobrar os usuários para 40 milhões. E continuar crescendo. Se o Brasil tem 100 milhões de internautas, é esse público que queremos atingir", afirmou.

    Clique aqui

    P.S.: É, os R$ 24,90 da Globo Play parece que vai valer à pena pra quem ama séries. De lá, pra mim, só me interessa o jornalismo.

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 06/12/2018 às 17:57
    Autor: Chaplin Online

    Visto na web The Big Bang Theory e Young Sheldon chegarão ao streaming pelo Globoplay

    Bazinga!

    Sheldon Cooper enfim chegará ao streaming. E em todas as suas versões!

    Segundo a coluna Notícias da TV, do portal UOL, o Globoplay adquiriu os direitos de distribuição de The Big Bang Theory e do seu spin-off, Young Sheldon, para o streaming.

    O investimento faz parte da iniciativa da plataforma de se estabelecer no mercado de SVOD. Nesta terça-feira, o diretor-geral João Mesquita anunciou em um evento à imprensa que o canal terá um total de 100 séries internacionais disponíveis até o fim de 2019, além das produções da casa e originais exclusivas.

    Atualmente, estão disponíveis 16 séries internacionais no catálogo, e demais novidades deverão ser anunciadas durante a CCXP, que ocorre entre os dias 6 e 9 de dezembro.

    Sucessos exibidos na TV pelo canal Warner, The Big Bang Theory e Young Sheldon são carros-chefe no seu canal original norte-americano, a rede CBS. A série que catapultou Jim Parsons ao sucesso está atualmente em sua última temporada, enquanto a derivada - que acompanha a infância do astrofísico (Iain Armitage, de Big Little Lies) está em sua segunda temporada.

    Clique aqui

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 06/12/2018 às 21:49
    Autor: Phoenix60 Offline

    Em 6/12/2018, aapc01 escreveu:
    vc está falando sobre pagar 25,00 por um globosat play.
    (...)
    então o custo é altíssimo, muito demais demasiadamente



    Para nao confundir: a materia fala sobre GLOBOPLAY, e nao Globosat Play (que é outro aplicativo).

    Mas sim, eu pelo menos acho caro demais R$ 25 para ter, basicamente, o conteudo da Globo. Nao acho que vale. So assisto alguma coisa no Globoplay se for de graça. (e so os telejornais).


    .

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 06/12/2018 às 22:34
    Autor: Phoenix60 Offline

    Em 06/12/2018, Chaplin escreveu:
    Eu queria poder convencer a vcs de que se vc assinar o "Telecine Play" (independente de tv) e usar os canais e programas oficiais do YouTube, vcs seriam muito mais felizes do que são hoje, gastando muito menos. Infelizmente é difícil mudar a mente.



    Chaplin, voce precisa levar em consideracao o gosto e as preferencias das pessoas, que diferem bastante de uma para outra... O que atende excepcionalmente bem alguem, pode sequer atender minimamente outrem (acabamos de falar do conteudo da Globo/tv aberta, que agrada alguns e provoca apenas irritacao em outros).

    Voce gosta de filmes e nao curte seriados. Por isso uma assinatura do Telecine Play o deixa feliz. Mas isso é voce. Ja alguem como eu, nao investiria um centavo furado sequer com Telecine... Nem de graça eu quero.

    (Para mim a atual producao de cinema tem uma qualidade pessima e infantilizada, as boas series de tv sao muito mais interessantes... Alem disso, entre outras desvantagens, Telecine tem imagem muito ruim (mesmo na tv paga), e os titulos so sao lançados no Telecine com atraso de 1 ano ou mais em relacao a outras fontes... Quando um filme vai ao ar no Telecine, voce certamente ja teve oportunidade de assisti-lo em outros lugares. Entao, eu sou um que nao percebe valor algum no serviço. Como eu disse, para mim Telecine nao vale 1 tostão furado sequer).

    Portanto, nao é todo mundo que "ficaria mais feliz" com apenas "uma assinatura de Telecine Play mais o YouTube"... Certamente tem gente que precisa gastar bem mais para "ficar feliz".

    Sempre vai depender do gosto das pessoas... Nao dá para generalizar. :-)


    .

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 07/12/2018 às 13:35
    Autor: kielos Offline

    Pessoal, boa tarde! Alguém aqui assina Amazon Prime? assinei há um tempo e o meu filho usou o meu login para conseguir um benefício de um jogo vinculado a Amazon e parece que a empresa considerou a iniciativa um erro e cancelou a minha conta... fiz outra assinatura usando outro cartão de crédito e endereço de e-mail , que durou alguns dias e novamente cancelaram a conta.
    tentei algum tipo de contato com o Streaming mas não consegui localizar telefone e nem e-mail de contato..
    Gostaria de continuar com eles, pq as séries são boas, mas não estou conseguindo...alguém sabe o que posso fazer para restabelecer a conta??

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 08/12/2018 às 02:00
    Autor: rodpires23 Offline

    Eu estou no streaming ha muito tempo, pois eu assisto canais estrangeiros através da internet, e claro pra quem gosta, esperar a entrada de um desdes canais no Brasil é o mesmo que esperar que cobra tenha asas.

    Teve uma época que eu baixava series e novelas estrangeiras pelo e-mule, que era a única opção, fora através de blogs. Graças a Deus, muita coisa melhorou.

    Hj tenho em meu celuar aplicativos da RTP, TVI de Portugal, TVE da Espanha, em partes é ruim pois eles não transmitem seus canais em versão Internacional, e tbm não tenho acesso aos vídeos pra assistir quando quiser.

    Eu gostaria que tivesse app que reunisse estes canais e que eu pudesse ter acesso aos videos. Vai ser difícil mais quem sabe um dia.

    Por exemplo, da Telefe eu não tenho acesso nem aos videos e nem ao canal ao vivo e o app está bloqueado para o Brasil, somente por sites clandestinos. 😞


  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 08/12/2018 às 15:56
    Autor: Chaplin Online

    Eu acabei de assinar o YouTube Premium familiar, com direito a 6 pessoas. Acesso livre e total a todo conteúdo do YouTube Premium, YouTube Originals e YouTube Music SEM COMERCIAIS (0%). Muito bom! E ainda pode baixar qualquer conteúdo pra assistir offline.

    Muito bom! Plano familiar para 6 pessoas (6 contas) no YouTube, por 31,90 por mês. Primeiro mês gratuito para testes e pode cancelar a qualquer momento. : )

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 08/12/2018 às 18:06
    Autor: Chaplin Online

    Pessoal, eu fiquei na dúvida se assinava o YouTube Premium ou o Globoplay com as séries que virão e tal. Eu me decidi e assinei o YouTube Premium :D É uma experiência maravilhosa!

    E em termo de futuro, vou aguardar o que já existe nos EUA e que é sucesso lá, o YouTube TV.

    Muito bom! Indico! E vc tem um mês pra testar o YouTube Premium + Youtube Music (fantástico o de músicas), e as produções do YouTube Originals. Sei que as séries roteirizadas serão substituídas por programas ao vivo e realities no futuro, mas o que importa é o conteúdo!

    Confio e estou apostando na qualidade do YouTube entre os serviços de streaming.

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 08/12/2018 às 18:53
    Autor: Chaplin Online

    No caso do YouTube Premium família é interessante, são 6 contas independentes que pode ser acessado com o próprio login de cada um em qualquer aparelho, porém, mensalmente o Google faz uma análise por satélite pra saber se os membros do pacote residam na mesma casa.

    Esta informação aparece na hora em que você, administrador da conta, vai enviar pelo o YouTube Premium os convites aos demais 5 familiares.

    Só não me perguntem se uma mulher de casa for aeromoça ou se o marido é caminhoneiro e o filho é médico e vive em plantões em hospitais como é que o Google vai avaliar se eles residem na mesma família.

    Pra mim isto é só um "aviso" de que colocar alguém que não mora na residência é ilegal.

    No meu caso ainda ficou faltando um espaço vazio p completar os 6 do pacote família, mas vale muito à pena.

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 08/12/2018 às 19:03
    Autor: Chaplin Online

    E concordo com você Phoenix60, de fato, a diversidade dos gostos não são condizentes umas das outras.

    Uma coisa que achei inteligentíssima da Globo é que todos pensavam, pelo menos eu, que o "Globosat" fosse o aplicativo forte de séries.

    Ao invés disso ela lançou o "Telecine", o "Premiere", lançou as séries no "Globoplay" e o "Globosatplay" já vai atingir outro seguimento.

    Ela vai concorrer contra ela mesma. Os caras da Globo são uns ninjas.

  • Avatar

    Clube do Streaming - De Canais a Conteúdos

    Operadora
    Postado em: 08/12/2018 às 19:18
    Autor: Chaplin Online

    Pessoal, vamos esquecer a parte de "canais". Quais os melhores "conteúdos" (programa, série, realities, documentários, desenhos, etc.) da tv por assinatura hoje? Eu sei que é uma pergunta pessoal, mas a ideia é esta mesma, focar na diversidade de conteúdo da tv por assinatura. Hoje qual o "programa" que você gosta e que indica a outros que vale à pena assistir?!

    Vamos nos ajudar! O foco do tópico é o streaming, eu sei, mas o tópico também fala em conteúdos. Então, independente de canais, quais bons conteúdos vale à pena assistir na tv paga?

As publicações desta página são unicamente de responsabilidade de seus autores, de acordo com os Termos de Uso da TV Magazine.

Busca no Fórum

Agenda de Canais

  • Atualize-nos: informe a TV Magazine sobre sinais abertos, alterações de canais e line-ups na sua cidade, seja TV aberta ou paga.

Fale Conosco

Dúvidas, ideias, sugestões, elogios ou críticas?
Queremos ouvir você!

© 2018 - TV Magazine, todos os direitos reservados. Programação da TV fornecida por Revista Eletrônica.
Proibida a cópia parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização expressa.