Estamos no seu:
Lembrar Apelido TVid
Ícone

"Profissão Repórter" retrata o trabalho infantil no nordeste

  • Postado em:

De acordo com a Organização das Nações Unidas mais de duas milhões de crianças, entre 10 e 15 anos, sofrem com a exploração do trabalho infantil no Brasil. Com base nesse dado, o 'Profissão Repórter' da próxima terça-feira, dia 11, após Gabriela, conta a realidade de diversos estados brasileiros, onde existe a exploração e conversa com profissionais especializados no assunto.

Em Maceió, na Lagoa de Mundaú, os repórteres Paula Akemi e Fernando David mostram como é a rotina das crianças e adolescentes que vivem da pesca do marisco sururu, de onde as famílias tiram a renda para o sustento. Por causa dessas tarefas, muitos largaram a escola para se dedicar ao trabalho. A reportagem do programa conversa com a professora Simone Santana, que mudou seu rumo e conseguiu estudar para conquistar um emprego.

Caco Barcellos segue para o Rio Grande do Norte para encontrar a fiscal do trabalho Marinalva Dantas, que fala sobre da atuação dos fiscais no combate a exploração das crianças. Em uma feira livre, a reportagem aponta como apesar de ser proibido o trabalho infantil ainda é aceito em cidades pequenas.

A repórter Eliane Scardovelli coloca em pauta a discussão de adolescentes, maiores de 14 anos, que trabalham com autorização da Justiça, fato que divide opiniões entre promotores e juízes. Para alguns, o trabalho ocupa o tempo livre e mantém os jovens longe do crime, mas segundo o Ministério Público do Trabalho o emprego nessa fase priva a criança de estudar e pode trazer prejuízos na sua vida futuramente.

Comente Esta Notícia

Registre-se ou faça login para comentar as notícias da TV Magazine.
Redação

A Redação da TV Magazine, em São Paulo, está sempre correndo atrás das últimas novidades da telinha.

Busca nas Notícias

Acompanhe no Fórum

Fale Conosco

Dúvidas, ideias, sugestões, elogios ou críticas?
Queremos ouvir você!

© 2014 - TV Magazine, todos os direitos reservados. Programação da TV fornecida por Revista Eletrônica.
Proibida a cópia parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização expressa.